sexta-feira, abril 26, 2013

A verdadeira história de Phineas e Ferb





A história diz que, até o ano de 1993 em uma cidade desconhecida chamada Iultin na Rússia, que agora está em ruínas e praticamente desapareceu na neve, vivia em uma casa humilde com sua família uma garota chamada Candace Flynn.



 Quando Candace era apenas uma criança seus pais se divorciaram, deixando-a aos cuidados de sua mãe, que realmente nunca prestou atenção suficiente. Ao nascer, seu irmão Phineas, que sofria de hiperatividade e Ferb seu meio-irmão, que nasceu com um caso grave de retardo mental, entre outras coisas o impedia de falar. As coisas foram de mal a pior para o desenvolvimento de Candace que com sua imaginação sem limites relatava suas “aventuras” com seus irmãos.



 Candace disse a sua mãe "os feitos incríveis que seus irmãos tinham feito em sua ausência”, após esta situação, a mãe vai a um especialista, psiquiatra Heinz Doofenshmirtz, que diagnosticou Candace com esquizofrenia grave e lhe prescreveu um medicamento de potencial elevado. Com resultado desta situação as drogas pioraram na vida de Candace. Os medicamentos psiquiátricos que foram destinados a acalmar o pulso de Candace levou o efeito colateral de um vício crescente, que a introduziu a experimentar drogas mais pesadas.



 Candace cansada que ninguém acreditava que suas histórias sobre os seus irmãos, decidiu escrever um diário em que molda cada aventura de Phineas e Ferb. Aos 14 anos, Candace Flynn era uma consumidora ativa de Dietilamida do ácido lisérgico (LSD), mais conhecido como ácido, o que produz um aumento no nível de sua percepção distorcida da realidade. 



Em 2007 Candace Flynn (Iultin-Rússia), de 14 anos é encontrada morta em seu quarto, juntamente com uma nota de suicídio escrita na última página de seu diário, de acordo com os médicos legistas Candace morreu de uma overdose intencional de várias drogas. Até o final de 2007, a mãe aflita de Candace decide vender essa história, o Disney Channel mostra interesse na compra e em 01 de fevereiro de 2008 ocorre a estreia mundial de uma história distorcida e reforçada chamada "Phineas e Ferb".



O texto foi encontrado na internet e difere da origem oferecida pelos autores do programa que dizem ter sido baseado na infância de um deles. Esse texto pela estrutura foi traduzido para português sem o cuidado necessário. Não tivemos acesso ao texto original. Das várias origens atribuídas ao desenho essa sem dúvida é uma das mais interessantes.











Pesquisa: Karolliny Oliveira

4 comentários:

  1. eu queria verdaeira candace e a familia na vida real

    ResponderExcluir
  2. Seria interessante se pegassem essa "origem duvidosa" e a transformassem em um filme de terror, onde uma garota esquizofrênica tem visões e acha que são verídicas, fazendo de tudo para provar a "sua realidade" aos demais. Acaba surtando e suicidando. Claro que deveriam fazer algumas adaptações, um final melhor ou uma continuação depois do suicídio.
    P.S.: Fiquei meio impressionada com a história e sempre que vejo o desenho, penso nessa história, principalmente naquele epsódio em que os meninos se tornam mágicos e fazem um monte de truques com o poder da ilusão.
    Os "criadores", na minha opinião deveriam divulgar uma nota dando esclarecimentos aos telespectadores da série.

    ResponderExcluir
  3. Quando minha colega me contou a história não acreditei e resolvi pesquisar mais e não acredito que realmente é verdade isso me apavora gostaria de conhecer a família de Candace.

    ResponderExcluir
  4. Não faz sentido essa história

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui! Sua opinião é muito importante para que possamos fazer um trabalho cada vez melhor! Apenas use o bom senso e não deixe mensagens ofensivas!